23 janeiro 2017

23-jan-2017 Ter um sítio é bom

Ter um sítio é bom, muito bom. Pensei nisso no primeiro dia em que o percorri como dono, ao parar na sombra da imensa antiga mangueira, sentindo no rosto o vento da tarde e escutando o canto dos passarinhos, e voltei a pensar muitas vezes, ao longo desses onze anos em que o tenho.

Mas se quem nunca teve um sítio e deseja ter acha que é só isso o que você pensa, ou é um perfeito desinformado ou um perfeito idiota, ou as duas coisas ao mesmo tempo. Há horas, meu caro, há horas em que o que você mais gostaria de ser no mundo é um mágico: um mágico, para, num simples passe, fazer desaparecer de imediato e para sempre seu amado sítio. 

Imagine, por exemplo, que um dia seu empregado, sem qualquer motivo, avise que vai sair. Bom, o mínimo que você pede é que ele fique mais uns dias, até você arranjar outro, pois um empregado não se arranja assim de repente. Ele concorda e promete ficar. Ótimo. Três dias depois, ao voltar ao sítio por um imprevisto, você encontra os porcos berrando de sede e fome, as cercas rebentadas e o gado no pomar, e a égua, depois de muita procura, lá no pasto do vizinho. O que você não encontra é o filho duma égua do empregado: esse caiu no mundo. Eu disse imagine: mas foi isso, foi exatamente isso o que aconteceu comigo logo no primeiro ano.

Houve depois coisas piores, bem piores, tanto na parte humana quanto na parte da natureza, embora, comparadas a algumas que vi ou ouvi de outras pessoas, eu possa dizer que não foram nada, que sou um sujeito de sorte. Na parte da natureza, o pior foi sempre, sem dúvida, as secas. É terrível. Só quem passou sabe. Você ver o gado emagrecendo, com aquele olhar que dói na gente. Os pastos rapados. O trato acabando. E dia após dia, noite após noite, olhar para o céu em busca de um sinalzinho de chuva, e nada. É terrível.

É nessa hora que seu empregado, se ele é dedicado, vira um verdadeiro herói. Mas, por maior que seja a dedicação, uma manhã ele chega e conta que uma bezerrinha, aquela pintada, foi no córrego beber água, escorregou e caiu, e aí, como ela estava fraquinha, não deu conta de se levantar e morreu afogada. Está bem: era só uma bezerrinha; muitos, na região, ja tinham perdido dezenas e até centenas de cabeças de gado (isso foi no ano passado, a pior seca que já vi). Mas, diabo, era a minha bezerrinha; e além disso, morrer desse jeito, afogada, no raso…

Uma manhã ele chega e… É quase sempre assim que vêm as más notícias: de manhã, tirando você da cama.

As boas? São raras, ou, talvez, raramente dadas  ̶  como se notícia boa não fosse notícia. Um pequeno catálogo das más: geou essa noite; a vaca perdeu a cria; a casinha da cisterna desabou; roubaram o latão de leite; o desintegrador não quer funcionar; o boi tá com bicheira; a porca tá com batedeira; a mola do carrinho quebrou; a bomba d’água enguiçou; roubaram de novo o latão; a bomba d’água enguiçou de novo.

Às vezes a notícia é uma só; às vezes uma sequência, contada com sinistros intervalos de silêncio.

Um dia a notícia foi o próprio empregado, trazido por um amigo: numa farra sábado à noite no sítio, um companheiro lhe enfiara a faca na barriga. E lá vai você, bocejando de sono, em plena manhã de domingo, mexer com hospital e polícia, e ainda ouvir as partes, dar conselhos, acalmar os ânimos, para que não saia mais alguma facada ou tiro e a morte de alguém; e depois, claro, ainda providenciar com urgência um substituto provisório para o empregado, porque senão, do jeito que as coisas andam, quando você chegar lá no sítio, não encontra nem o rastro dos animais. Ufa! Conseguida uma certa ordem no caos, você se esborracha numa cadeira e pensa: na primeira oportunidade que tiver, vou vender a merda desse sítio e nunca mais mexer com isso; mais nunca.

Mas o tempo passa, e os problemas acabam se resolvendo. Assim como as chuvas, que acabam voltando  ̶  e o capim de novo enverdece e cresce, e o gado engorda, e o pomar se cobre de mangas, cajus, goiabas, jabuticabas, e os passarinhos cantam numa endiabrada alegria, e o vento da tarde sopa em seu rosto, e você pensa: é bom ter um sítio, muito bom.


Crônica de Luís Vilela

Publicado originalmente em junho de 1987, na edição 21 da revista Globo Rural.

10 setembro 2015

06-Set-2015 Moisés e crianças na beira do Jacuí


Giulia no cupinzeiro.


Evernote helps you remember everything and get organized effortlessly. Download Evernote.

07-Set-2015 Feriado de Sete de Setembro com crianças e cachorros

Inverno seco, feriado da Independência, final de semana com previsão de chuvas, céu bem nublado, pouco sol. 

Mas não fêz frio. 
E o sítio esteve cheio e barulhento, principalmente por causa das crianças que vieram com Moisés. 

E hoje foi dia de passeios. 

Evernote helps you remember everything and get organized effortlessly. Download Evernote.

23 agosto 2015

23-Ago-2015 Domingo quente de inverno

3:58 PM 

Quase 4 da tarde, vai chegando a hora da melancolia bucólica, aquele momento depois das 5 quando a luz diminui anunciando o cair da noite, quando a maioria das casas se fecham, não passa mais ninguém na estrada e a gente vai começando a relaxar. 

Domingo quente com muito sol. 
Inverno. 

Agora à tarde começou a soprar um ventinho bem característico, daqueles que antecedem virada de tempo de seco pra chuva. 
A previsão é tempo encoberto e chuvoso a semana toda aqui em Cunha, ligeiramente mais chuvoso do que outras cidades do Vale. 
As galinhas já foram se banhar nas cinzas dos restos de fogueira Impermeabilização as penas contra o aumento de umidade. 
E qualquer chuva que venha será muito bem vinda. 
Essa estiagem já dura mais de mês, está tudo muito seco e empoeirado. 
O pasto, os animais, os eucaliptos agradecerão qualquer chuvisco que caia essa semana. 

4 PM

Luzia saiu com Dirceu. Vieram ontem e já foram hoje. 
Amanda e Gustavo ainda estão por aí mas já se arrumando também. 
Vamos ficar só eu, Isabel e uns cachorros. 
Pretendo aproveitar a tranquilidade do domingo à noite pra ler um pouco mais do livro "Perdido em Marte" que já estou em 70%. 
Até pensei em passar um repelente e ir ler na beira da represa bem na hora em a luz do final de tarde estiver quase totalmente cedendo ao lusco fusco do começo da noite. 

Gu armou a tenda e as cadeiras durante o dia pra pescar, não pegaram nada mas deu pra gente conversar um pouco. 
Pedi pra deixar as coisas arrumadas pra eu poder ir ler mais tarde. 
Pode dar certo. 

CAMINHADA

Outra coisa que pensei foi calçar um tenis e sair para uma caminhada boa por um dos trajetos que sempre faço. 
Daria tempo pra fazer isso e ainda voltar pra ler. 

Nesse momento estou suado, cansado e querendo tomar um bom banho mas, se fizer isso, a cama será meu destino. 

Mais tarde gostaria ainda de começar a trabalhar na nossa planilha de controle de investimentos, coisa que venho adiando há tempos.

4:30 PM

Tomei banho e vim pra cama. 
Resolvi vir ler o livro na cama mesmo. Cachorros estavam esparramados pelo chão como que supercansados achei que seria melhor a gente ficar por aqui mesmo. 

Deitei na cama apreciando a vista do bambual pela janela do quarto e senti aquele relaxamento prazeroso bem característico dessas tardes quando a gente não tem pressa de ir embora, coisa que só podia acontecer aos sábados e feriados mas, agora, podem acontecer qualquer dia da semana. 
Mais uma excelente vantagem da vida de ex contribuinte da Previdência. 



De pernas pro ar, relaxado, lendo um livrinho na cama. 


4:45 PM

Saíram Amanda e Gustavo e levaram Layla.
Neli ficou.
Amanhã, segunda-feira,é dia de labuta para contribuintes. 

 
Evernote helps you remember everything and get organized effortlessly. Download Evernote.

10 agosto 2015

15-Jun-2015 Pescando

Evernote helps you remember everything and get organized effortlessly. Download Evernote.

15-Abr-2015 Igrejinha depois da pintura para a reza da Santa Cruz de 2015

Antes


Depois




Na medida do possível a gente vai cuidando do legado.
E o povo local fica mais feliz.
Evernote helps you remember everything and get organized effortlessly. Download Evernote.

06-Jun-2015 Visitando a roça-1 de eucalíptos com a turma

De vez em quando a gente vem dar um rolê nessa entrada de uma das roças de eucalíptos.






Evernote helps you remember everything and get organized effortlessly. Download Evernote.

01 agosto 2015

01-Ago-2015 Sábado de inverno com bastante sol

11:31 AM 

Viemos eu e Isabel ontem já meio escuro mas tinhamos que vir porque joao está de férias e estávamos preocupados com Bólis e Dítis que podiam estar sem ração desde anteontem. 

Era pra gente vir na quinta mas não deu. 

Exatamente agora chegaram Nilra, Teresinha, Giulia e Luzia. 
Tinha acabado de falar na Nilra e a chegou. 

Está uma manhã muito gostosa, temperatura bem amena, final de semana com sol, céu azul, uma brisinha bem suave. 




No whats foi dia de postar fotos dos cachorros. 


Esse é Bolú.
Evernote helps you remember everything and get organized effortlessly. Download Evernote.

01-Ago-2015 Citriodora da roça-2

Inverno com sol forte, céu azul e temperatura amena, mesmo no começo da tarde não foi difícil sair pela plantação combatendo formigas.
Cachorrada, claro, adorou.







Evernote helps you remember everything and get organized effortlessly. Download Evernote.

01-Ago-2015 Inverno com flores

Hoje o dia está mais iluminado no sítio. Além do dia claro e com temperatura bem amena de inverno, as flores do local ficaram muito felizes com a companhia.

Evernote helps you remember everything and get organized effortlessly. Download Evernote.

05 junho 2015

09-Nov-2014 Formigueiro na estradinha do Sapo perto da roça-1

Cavoquei o barranco e saiu cada grandona. Meo, essas são as maiores saúvas que já ví. Como hoje está caindo içá por aí, acho até que saiu tanajura desse buraco.
Joguei quase um saco de isca formicida.
Estive esperando Amadeu vir com a bomba de gás mas ele nunca mais apareceu.




Evernote helps you remember everything and get organized effortlessly. Download Evernote.

29 maio 2015

08-Mar-2015 Agora temos caqui

Custou mas os caquis estão ficando maiorzinhos. 


E já tem passarinho fazendo festa por aqui. 



Evernote helps you remember everything and get organized effortlessly. Download Evernote.

04-Abr-2015 Sábado de aleluia, semana santa

10:47 AM 

Sábado de sol. 
Faz uns dias que não chove, as estradas secaram. 
Mas não está muito calor não. 
Pelo menos eu não estou sentindo já que nem saí da varanda ainda. 

Passamos a noite sozinhos aqui eu e Isabel. 
Acabaram de chegar Luzia com Edson, Raquel e Dudu. 
Edson veio dirigindo o fiat da Luzia. 

Tirei umas fotos hoje. 


Essa tirei ontem com o ipad e transferi para o iphone pelo wifi transfer. 



Evernote helps you remember everything and get organized effortlessly. Download Evernote.

27-Out-2013 Poste da Elektro perto da igrejinha, Luzia vai pedir pra colocar lâmpada municipal

O poste ficou bem do lado da igrejinha. Aí a gente cogitou de mandar um requerimento pra Elektro colocar uma lâmpada municipal pra iluminar o local.
Não tem nenhuma por esses lados onde, normalmente, os postes fica no meio do pasto, no alto dos morros e não seguem as estradinhas.
Luzia disse que pode tentar.

Nossa gente, mas como tá feia nossa igrejinha, precisando de uma tinta.
(Depois ficou bonita de novo).








Evernote helps you remember everything and get organized effortlessly. Download Evernote.

28 maio 2015

08-Jun-2013 Eucalípto citriodora do quiosque em 2008



Nessa data a gente ainda estava fazendo a nova chegada por trás do quiosque para liberar a chegada antiga pra ter espaço para aumentar a casa.

13 setembro 2012

Traíra da boa

Esse rio Jacuí tem dia que deixa a gente na mão mas também tem dia que nos presenteia fartamente.

Pict-0463

Dia de dar rolê tem sempre companhia

Nem dá pra sair escondidinho porque a tropa sente de longe que tá na hora de dar rolê pelas estradas e barrancas…

Pict-0462

12 setembro 2012

Mili, saudades

Pict-0461

Muito bom quando a gente chega ao sítio nos finais de semana e solta os cachorros que saem correndo como loucos pela grama espessa. Depois do xixi e das esfregadas nas costas, saem todos cheirando tudo em volta como se quisessem se dar conta de tudo que aconteceu em cada centímetro durante a semana toda em que ficaram ausentes.

A partir de hoje, pelo menos um deles vai sempre nos fazer lembrar com saudades desses momentos.

Hoje um vazio denso e sufocante se instalou com a partida de Mili. O conforto é saber e sentir que tanta dedicação, amor e carinho compartilhados com uma criaturinha tão marcante, nos proporcionou durante uns 15 anos, momentos de pura paixão e amizade.

Mili permanecerá em muitos momentos de ternura enquanto nosso pensamento existir.

Valeram todas as penas!

Mais fotos da Mili

22 agosto 2012

22 de agosto de 2012 – Abaixo de zero

Noite anterior chegou bem fria, estranhamente mais fria do que as noites anteriores. Eu fazendo um servicinho pra fora da casa, tive de entrar e colocar um agasalho rapidinho. Os pés começam a esfriar demais.

Manhã seguinte, pouco depois das 6 horas, abro a porta para Lara ir dar o rolê matinal e sinto o frio me congelando os ossos. Curioso, fui conferir o termômetro da varanda e não deu outra.

Dois graus abaixo de zero.

https://plus.google.com/photos/102147266911546047500/albums/5782505588301306769

Pict-0459 Pict-0458 Pict-0457 Pict-0456