16 junho 2009

Otimista

Pict-672 Hoje acordei mais otimista, tanto que até estou acreditando que a gente ainda pode se acertar, resolver nossos imbróglios e atingir um nível de estabilidade em nossos relacionamentos que nos permita garantir uma certa felicidade na convivência. Sim, porque um pouco de felicidade tem que sobreviver, senão realmente acho que não vale a pena.

Nossa sociedade é como se fosse um casamento. Enquanto ela existir, ninguém nunca terá liberdade total. Sempre vai ter que dialogar, trocar idéias, relevar, se sujeitar, ter que concordar com a maioria, abrir mão de certas coisas e, em compensação, poder também usufruir de certos benefícios que só a convivência pacífica e amistosa proporciona.

Temos tantas coisas boas para compartilhar. Nossas conversas, nossas briguinhas à toa, nossas recordações, nossos gritos, nossos sorrisos, nossos compartilhamentos de segredos, fofocas, o que achamos de um, o que achamos de outro, como foi o casamento que só um foi, como foi a viagem que só outro foi, o que um achou daquele crime, o que outro achou daquela novela, daquele ator, daquele absurdo, daquela notícia, do frio, do calor.

O torresmo de barriga, o queijo fresco, a sopa de inhame, mandioca, o bolo de cenoura, o sorvetão, as rosquinhas, os bolinhos de chuva, a pipoca com queijo, o churrasco, o peixe assado no papel alumínio, pirão, muqueca, fondue no inverno, banho de ducha no verão, as crianças na piscina fria, escorregando no barranco, soltando pipa, correndo atrás do perus, os cachorros emagrecendo, engordando, a cura do berne, o galo ferido, o porco que escapou.

Pegar lenha seca no mato, arrancar grama no pasto, areia da beira do rio, armar rede, roçar o mato alto, borrifar as laranjeiras, fazer mudas de pinheiro, uvaia e plantar na beira da represa, pescar nas tardes de sol, fazer a reza de Santa Cruz, consertar os fios, desentupir a fossa, limpar a beira do brejo, tirar o mato do córrego, pegar pinhão, comer araça na porta da cozinha, tirar teia de aranha, tocar os sapos, fechar as janelas para não entrar siriri, puxar carro atolado, acompanhar as visitas na chegada e na saída, esquentar o frio na fogueira, tomar quentão, comer linguiça e ouvir um som.

Tudo coisa boa que nos dá prazer. Acho que vale a pena insistir mais um pouco. Vamos lá pessoal!!

3 comentários:

chenlina disse...

chenlina20160420
gucci outlet
true religion sale
kate spade handbags
gucci handbags
michael kors outlet online
michael kors
adidas nmd
michael kors uk
christian louboutin shoes
kate spade handbags
air huarache
oakley sunglasses
coach outlet store online
michael kors outlet
cheap jordan shoes
michael kors uk
asics outlet
christian louboutin outlet
nike air max 90
air max 90
nike trainers men
air jordan 13
kobe 9
louis vuitton outlet stores
louis vuitton outlet
cheap jordans
louboutin
louis vuitton handbags
longchamp handbags
jordan 13
timberland outlet
louis vuitton outlet
cheap nfl jerseys
nike air max
caoch outlet
gucci outlet
adidas superstar
tory burch outlet online
nike factory outlet
coach factory outlet
as

John disse...

burberry outlet online
bottega veneta
nike trainers
armani exchange
prada outlet
coach outlet online
michael kors outlet
oakley vault sunglasses
cheap ray bans
nike air max 90
red bottoms outlet online
ralph lauren uk
michael kors outlet online
micahel kors
nike free runs
kate spade bags
ray bans
burberry handbags
coach factory outlet
timberland uk
versace
cheap jordans
oakley sunglasses wholesale
pandora charms outlet
gucci borse
wholesale nike shoes
nike tn
coach outlet
canada goose uk
christian louboutin uk
salvatore ferragamo
louis vuitton uk
birkenstock uk
longchamp bag
louis vuitton outlet online
mont blanc pens outlet
ferragamo shoes
2016722yuanyuan

chenlina disse...

chenlina20170304
true religion sale
hollister clothing
christian louboutin sale
jordan 3
seahawks jerseys
timberland outlet
kevin durant shoes
lebron james shoes
michael kors outlet
michael kors outlet